Notícias

Monitoramento de incêndios em canaviais por satélite e radares evita prejuízos financeiros e ambientais

29 agosto 2018

Geoflorestas oferece o serviço dentro do Programa Renovar, que identifica riscos socioambientais nas cadeias do agro

 

Monitorar os canaviais sem precisar sair do escritório, evitando incêndios e queimadas clandestinas. Essa é a realidade de usinas e produtores de cana-de-açúcar que utilizam o Programa Renovar, solução que analisa e processa mais de 200 imagens/dia para detectar focos de incêndio.

De acordo com o CEO da Geoflorestas, Leandro Aranha, quando as ocorrências de fogo atingem os limites da propriedade ou seu entorno, é emitido um alerta via e-mail, com dados como data, horário, local e distância.  “Além disso, informações como velocidade e direção do vento são indicadas para auxiliar nas ações de prevenção do alastramento do incêndio.”

O grande diferencial do Renovar é que não há limites de extensão territorial para o monitoramento e o acompanhamento é feito 24 horas por dia, todo os dias da semana, sem interrupções. “O trabalho pode ser feito no período solicitado pelo cliente com pacotes que variam de trimestral a anual”, explica.

Segundo Aranha, além de evitar e minimizar prejuízos financeiros com a queimada dos canaviais, o programa também pode apoiar juridicamente os produtores como contraprova sobre possíveis danos e multas ambientais. “Podemos atender três grandes setores da empresa: área agrícola, com o monitoramento das fazendas; área jurídica, por meio de banco de dados de evidências e registros de queimadas/incêndios para solução de sinistros e litígios de ordem jurídica, como redução ou eliminação de multas; e brigadas de incêndio, para auxiliar na prevenção e controle de queimadas.”

Programa Renovar

 Trata-se de uma assessoria completa para certificações e análises de risco socioambiental nas principais cadeias de custódia do agronegócio – soja, cana-de-açúcar e pecuária de corte. São definidas e estruturadas informações consistentes sobre a área das propriedades, dados cadastrais do produtor e evidências de produção, a fim de garantir um processo claro e consistente das ferramentas de gestão da produção, armazenamento, processamento e distribuição.

Lançado em 2011, o programa já mapeou no Brasil e na Argentina cerca de 20 milhões de hectares de biomassa, além de mais de 100 mil fazendas com áreas de produção de alimentos.

Geoflorestas

 A Geoflorestas disponibiliza aos seus clientes uma ampla oferta de soluções por meio de consultoria e serviços nas áreas ambientais e de geoprocessamento com foco no uso da inteligência geográfica e de gestão territorial direcionados ao atendimento à requisitos legais e comerciais. As ferramentas cumprem as exigências do Código Florestal Brasileiro, análises de riscos e oportunidades socioambientais, rastreabilidade de produtos e cadeias de fornecimento responsável da agroindústria nacional e internacional, bem como, de protocolos de certificação para exportação de commodities, atuando em todos os elos das cadeias.

A empresa é referência na implantação do Código Florestal Brasileiro, principalmente nos assuntos relacionados ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), Programa de Regularização Ambiental (PRA) e Compensações Ambientais para a regularização ambiental de imóveis rurais em todo o país com déficit de Reserva Legal (RL). Também atua em restauração ecológica de áreas degradadas, principalmente as Áreas de Preservação Permanente (APP) e seu geomonitoramento remoto com base em imagens de alta resolução.

Outras notícias

Koppert integra iniciativa parceiros da A.B.E.L.H.A.

Koppert integra iniciativa parceiros da A.B.E.L.H.A.

A relação harmoniosa do controle biológico com os polinizadores naturais é o melhor exemplo de sinergia entre a produção agrícola e conservação da biodiversidade. Com base nessa premissa, a Koppert Brasil integra a iniciativa parceiros da A.B.E.L.H.A., da Associação...